Sliders01

Sliders02

quinta-feira, 16 de junho de 2011

PRESIDENTE DO PT DE SERRA DO MEL É EXECUTADO COM SEIS TIROS


O presidente do Partido dos Trabalhadores da Serra do Mel, Ednaldo Figueira, de 36 anos, foi executado ás 22h de ontem(15/06) quando saía do Trabalho na Vila Brasília.
Na Serra do Mel impera a lei do silencio. E por determinação da Secretaria Estadual de Defesa Social e Segurança Pública, o Ciosp do II BPM também impera a lei do silêncio.
A informação da execução do presidente do PT da Serra do Mel foi passada ao deputado estadual Fernando Mineiro pela família através do presidente da FETARN, Manoel Cândido.
Confirmamos o fato através de um cidadão que mora perto do local onde Ednaldo trabalhava, uma espécie de papelaria na Vila Brasília, ao lado da Vila Rio Grande do Norte, onde morava.
O cidadão conta que Ednaldo estava saindo do trabalho quando foi abordado pelos assassinos, que atiraram sem chance de qualquer reação. O fator surpresa favoreceu aos assassinos.
Sobre os assassinos, reina a lei do silêncio. O medo é tão grande que nem por telefone, num local afastado, a fonte quis falar. Disse apenas que Ednaldo tinha sido executado.
O ITEP de Mossoró mandou o motorista e o perito/fotografo buscar o corpo para exames. A Polícia Civil de Mossoró, no plantão, não atendeu ao telefone, assim como da Serra do Mel.
Fonte:Nominuto/retrato do oeste

Nenhum comentário: