sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Prefeito Abelardo e a vice Emília, comemoram mais uma vitória

Saiu a decisão da juíza da Comarca de Pendências, da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) sob o nº 29218 que foi movida pela Coligação Juntos Para Vencer I contra o prefeito Abelardo Rodrigues e a vice-prefeita Emília Patrícia, acusando-os por suposta prática de abuso de poder econômico mediante distribuição de alimentos em evento político, na eleição de 2016.
Na sentença, a juíza eleitoral relata que as provas anexadas ao processo não comprovam a prática ilicita apontada pelo jurídico da oposição. "A peça vestibular, não revela qualquer outra conduta ilícita que comprove potencialidade lesiva ao pleito eleitoral", diz a magistrada em sua decisão.
Em sua decisão, a magistrada diz que a denúncia da oposição não tinha nenhuma fundamentação jurídica para condenar o prefeito Abelardo e a vice Emília no crime de abuso de poder econômico e político. "Assim, tenho que os autos carecem de prova ROBUSTA, FARTA E INCONTESTE tanto da prática de ilícito eleitoral bem como da autoria dos investigados do suposto abuso de poder econômico e político invocado pelo autor, a saber, a distribuição de alimentos e bebidas em evento político", decide a magistrada Dra Maria Cristina.

Em harmonia com o Ministério Público Eleitoral a juíza julgou improcedente a denúncia da oposição contra o prefeito Abelardo Rodrigues e a vice-prefeita Emília Patrícia.
_______________________________________

Nenhum comentário: