sexta-feira, 24 de julho de 2020

Alunos da creche Almeida Júnior da cidade de Paraú ficaram constrangidos com a distribuição do kit vergonha

Foi simplesmente vergonhoso e digno de contestação popular a iniciativa da prefeitura de Paraú, comanda por procuração verbal da prefeita Maria Olímpia, que destina ao seu esposo Vicente Eufrásio a deliberação de agir como gestor do município.

A redação recebeu de um pai de aluno, que pede sigilo da sua identidade estas imagens deprimentes de uma sacola, onde se visualiza uma porção pequena de macaxeira, uns molhos de coentro, tomate, pimentão com um pedaço de jerimum completando a remessa da vergonha - como assim está sendo o chamado o kit distribuído pela prefeitura.

Nossa fonte revelou que muitos pais de famílias recusaram o recebimento, dado o estado de deterioração que os produtos hortigranjeiros apresentavam.

O pior desta sandice pública foi a prefeita mandar carro de som volante, anunciando pelas principais ruas da cidade a entrega desta perecível mercadoria.

Cadê o dinheiro que entrou aqui gestores de Parau, prefeito ou prefeita?. O povo quer saber onde foi gasto, será que estão guardando para gastar na campanha?... É APENAS UMA PERGUNTA que o povo esta fazendo ao prefeito de intrometido e a prefeita por erro do povo.

Nenhum comentário: