terça-feira, 24 de janeiro de 2023

Caos administrativo em Ipanguaçu paralisa serviços e prejudica população

A cidade de Ipanguaçu vive dias intensos na política local, no entanto, paralelo a isso chama atenção o fato do caos administrativo instalado no município, situação essa causada unicamente pela ganância do então grupo político liderado por Remo Fonseca e o prefeito interino Doel Soares, ao aplicaram um golpe político contra Jefferson Santos, visando apenas usufruírem da máquina pública para fins eleitorais, assumindo o comando da Prefeitura e paralisando serviços essenciais na Saúde e demais áreas.

A omissão e negligência de tais pessoas está custando caro, e essa conta atinge diretamente a população que mais precisa, ao adotarem medidas que prejudicam o bom funcionamento do serviço público, como por exemplo, fechar a prefeitura por dez (10) dias, alegando “reorganização dos setores”, demitindo todos os servidores e usando de chantagem para angariar votos em troca dos respectivos cargos vagos.

Além disso, outra tática pífia e sem força de convencimento, está relacionada as “adesões” isoladas, em mera troca de favores e não por méritos dos candidatos, buscando a todo custo mudar o foco da população para a verdadeira realidade do município, que deixou de ter um gestor competente, jovem e trabalhador, para se afundar nas mãos de pessoas sem experiência e sem compromisso com o povo. Mas a população já escolheu o melhor caminho, caminhar ao lado de Jefferson e Dr. Thales, para Ipanguaçu seguir avançando.

Nenhum comentário: